NOTíCIAS DE MERCADO:

Négocio de sacos de pães rende R$ 6 milhões para empresário por ano

A primeira experiência de Raphael Mattos, 28, no empreendedorismo não foi das melhores. Junto com um colega, ele abriu uma loja de assistência técnica para iPhone. “Mas um dia nós brigamos e ele disse o seguinte: ou eu saía da sociedade ou ele abriria uma loja concorrente. Eu vendi minha parte por muito pouco e saí do negócio”, conta Mattos.

Mas nem mesmo uma experiência ruim o fez perder a vontade de empreender. Em 2015, enquanto trabalhava em uma multinacional em Recife, Raphael teve uma nova ideia de negócio: fazer propaganda de empresas em saquinhos de pães. “A grande maioria dos brasileiros come pão todos os dias e é um setor que valia investir”.

Na mesma época, a esposa de Mattos estava grávida, o que fez com que ele tivesse ainda mais vontade de fazer o negócio dar certo. “Apesar de ter muita gente contra, eu pedi demissão na multinacional e me dediquei totalmente ao meu objetivo”. Ele chamou os amigos Pedro Machado e Diego Castro e decidiu que faria um teste de sete meses para ver o potencial do negócio, já chamado de PremiaPão. E deu certo.

Em quatro meses, os amigos já tinham empresas interessadas na divulgação e quatro franquias vendidas. O empreendedor afirma que a mídia em saquinhos atraiu muitas empresas pelo custo baixo e pelo número de pessoas alcançadas. “As empresas pagam R$ 500 para 30 mil saquinhos impressos, vale muito a pena”. Em um mesmo saquinho podem ter até 34 marcas.

Para Mattos, um dos pontos positivos do negócio é que todos os envolvidos saem ganhando. “As padarias ganham saquinhos de graça, os consumidores que receberem o saquinho podem concorrer a um prêmio, e as empresas são divulgadas para os clientes”.

As franquias são um ponto fundamental do negócio. Segundo Mattos, o formato do empreendimento foi pensado para o modelo.

O investimento para abrir uma franquia é a partir de R$ 8 mil, variando de acordo com a região escolhida e quantos clientes serão atendidos.

Já são mais de 200 franquias espalhadas pelo Brasil, incluindo a primeira unidade criada por Mattos em Recife. Com este modelo, a empresa faturou R$ 6 milhões em 2017 e espera faturar R$ 10 milhões em 2018. Eles esperam ter 360 franquias até o final do ano.

 

 

Fonte: PEGN

ENCONTRE CANDIDATOS AQUI

Consulte o perfil de Profissionais e Executivos recomendados pela AGNIS.

Você pode agendar entrevista diretamente com eles, sem custo para sua Empresa.

ENCONTRE OPORTUNIDADES AQUI

Acompanhe as vagas liberadas por nossos Clientes para divulgação.

Aqui você poderá se candidatar diretamente naquelas que estejam no seu perfil, mas antes deverá cadastrar seu CV.

ONDE ESTAMOS